39. Religiões – Islamismo

Avançando no tema religião, passamos pelo cristianismo e hoje nosso texto aborda a segunda religião com mais adeptos do mundo:

2º Islamismo – 1,6 bilhão

A religião foi criada por Maomé, nascido em Meca, no ano 570. Aos 40 anos, começou sua pregação na região onde atualmente corresponde ao território da Arábia Saudita. Conforme a tradição, o arcanjo Gabriel revelou-lhe a existência de um Deus único. Conquistou muitos adeptos e, a partir do Oriente Médio, a religião se espalhou para outros continentes, chegando até mesmo a Europa.

3fde58e5aae70

Muçulmanos rezando em uma mesquita. Imagem: Internet

.

O muçulmano é o seguidor da fé islâmica, também chamado por alguns de islamita. Em árabe, Islã significa “rendição” ou “submissão” e se refere à obrigação do muçulmano de seguir a vontade de Deus. O Livro sagrado da religião é o Alcorão.

É uma religião monoteísta, a aceitação de um Deus único é idêntica à de judeus e cristãos. Alá é a palavra árabe para “Deus” e os locais de orações dos muçulmanos são as belíssimas mesquitas.

8892737810_04bc6f4734_k

Domo da rocha ou Mesquita de Omar, Jerusalém. Imagem: internet

.

Segundo alguns estudos, em 2050 a religião pode se tornar a maior do mundo em adeptos, pois cresce em um ritmo maior que o cristianismo.

Os 5 pilares do Islã

Existe, dentro da fé islâmica, 5 pilares que todo muçulmano deve cumprir como obrigação:

1- Sahada: Aceitar a profissão de fé “Não há mais Deus que Alá e Maomé é o enviado de Alá”

2- Salat: Realizar as orações diárias a Deus voltado para a cidade de Meca.

3 – Zakat: Fazer obras de caridade e a esmola.

4- Swan: Durante todo o mês do Ramadã (9º mês do calendário islâmico) todo muçulmano deve praticar o jejum ao longo do dia, só podendo se alimentar quando o sol não estiver mais no céu.

5- Hajj: Peregrinar à Meca, ao menos uma vez na vida, desde que o muçulmano disponha de meios para fazê-lo e saúde.

http://imguol.com/2012/10/29/29out2012---peregrinos-circulam-a-caaba-e-rezam-na-grande-mesquita-em-meca-arabia-saudita-durante-os-ultimos-dias-de-peregrinacao-anual-do-hajj-1351532100401_956x500.jpg

Mesquita da Caaba,localizada em Meca, na Arábia Saudita, cidade natal de Maomé e a mais sagrada para o Islã. Imagem: internet

.

Correntes do Islã

O Islã é dividido e possui duas grandes correntes, Sunitas e  Xiitas, que nem sempre se entenderam. Sempre existiram divergências entre os dois grupos, como ocorre hoje no Iraque. Existe, por exemplo, grande rivalidade entre Arábia Saudita, de maioria sunita, e Irã, de maioria Xiita.

Se quiser entender mais sobre as diferenças entre os dois grupos, acesse um texto no site História do Mundo.

https://politicageral.files.wordpress.com/2009/07/islamsushi.jpg

Sunitas de verde claro e xiitas de verde escuro. O Irã é o país com maior número de xiitas. Mapa:Internet

.

Numericamente, os sunitas hoje representam mais de noventa por cento da população muçulmana espalhada pelo mundo.

Petróleo

Entre as 6 maiores reservas de petróleo do mundo, 5 estão países estão em países muçulmanos. Alguns de maioria sunita outros xiita.  Como já escrevemos em nosso 2º texto, qualquer desentendimento ou disputa entre eles é bastante perigoso para a economia mundial, dependendo do óleo negro.

Maiores reservas de petróleo do mundo. À direita, no atual ritmo de produção, quantos anos vai durar cada reserva. Gráfico: Internet.

.

Preconceito equivocado

Após os atentados em Nova Iorque, no dia 11 de setembro de 2001, e com o avanço do Estado Islâmico, muitas pessoas passaram a associar a religião Muçulmana ao terrorismo. Esse pensamento é um grande equívoco e preconceito. Como professor, aprendi a nunca generalizar nenhuma situação.

Para a maioria esmagadora dos seguidores, a religião muçulmana é de paz, tolerância e focada na família.

Infelizmente, existe uma minoria radical sim, porém, isso também ocorre em outras religiões. Seria o mesmo que associar a Igreja Católica a atrocidades, simplesmente por erros cometidos no passado como a Caça as bruxas e as Cruzadas.

Domingo teremos o texto final sobre religião com o fantástico hinduísmo dentre outras religiões.

Espero ter aumentado o conhecimento de todos os leitores. Curta nossa página no Facebook e compartilhe nosso texto! Abraço do Clebinho!

Publicado em 03.06.2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *