243. Corrida Espacial

APOIO : Colégio Cotemig

O dia 20 de julho de 2019 marcou os 50 anos do homem na Lua, auge do que chamamos de Corrida Espacial. Com esse fato, os EUA se tornaram os vencedores da disputa. Mas, será mesmo que eles foram os campeões?

Guerra Fria

Assim que a Alemanha nazista foi derrotada o mundo entrou em uma enorme competição pela hegemonia mundial. EUA e URSS rivalizam em tudo, desde esporte até vários conflitos incentivados pelas duas potências, usando países periféricos para tal.

Vários foram os capítulos da Guerra Fria, que recebeu este nome pelo fato dos dois gigantes nunca terem se enfrentado militarmente de forma direta. Como exemplos temos as guerras da Coreia e do Vietnã, boicotes aos jogos olímpicos, a crise dos mísseis em Cuba, o muro de Berlim, entre outros. Todos os itens mencionados já foram temas em nosso blog (Clique nos hiperlinks).

Guerra Fria  compreende o período entre o final da Segunda Guerra Mundial (1945) e o fim da URSS (1991). Imagem: Internet.

.

Tecnologicamente, a disputa também chegou ao espaço. Na década de 1950, os governos norte-americano e soviético anunciaram o desejo de lançar satélites na órbita da Terra, dando início ao que chamamos de Corrida Espacial.

Vamos ver quem venceu:

1º Satélite 1957

No dia 4 de outubro de 1957, a União Soviética abriu o placar, enviando o primeiro satélite artificial ao espaço, o Sputnik 1. Ele era uma esfera de 58,5 cm, pesando 83,6 kg. Por 22 dias, emitiu um bipe que podia ser sintonizado por radioamadores mundo afora, até que sua bateria acabou. Ficou 6 meses em órbita até cair.

Imagem de um documentário mostrando preparações antes do lançamento do Sputnik. Imagem: Internet.

.

Os norte-americanos tentaram de toda forma decifrar a mensagem enviada pelo Sputnik, mas na verdade não havia nenhuma, eram só bipes aleatórios. Desesperado, o presidente americano Dwight Eisenhower exigiu que a NASA também lançasse o seu satélite. Transmitido ao vivo pra todo país, o  Vanguard TV3 explodiu no lançamento. Um vexame histórico.

Somente em janeiro de 1958 os norte-americanos conseguiram lançar seu primeiro satélite, o Explorer I.

O placar ficou URSS 1 x 0.

Ser Vivo 1957

No dia 3 de novembro de 1957, menos de um mês após o lançamento do Sputinik 1, os soviéticos agiram de novo. Dessa vez, dentro do Sputnik 2 estava um ser vivo, a cadela Laika, encontrada nas ruas de Moscou.

A cadelinha Laika foi a primeira cosmonauta russa. Imagem: Internet.

.

Durante toda a Guerra Fria os soviéticos afirmaram que o animal viveu por vários dias dentro do equipamento. Entretanto, atualmente sabemos que ela viveu apenas algumas horas no espaço, morrendo por causa de um superaquecimento.

Apesar da covardia com a cadelinha, URSS 2 x 0.

1º Humano 1961

A bordo da nave  Vostok 1 veio mais uma vitória socialista. No dia 12 de abril de 1961, a URSS colocou o 1º homem no espaço, o astronauta Yuri Gagarin. Seu voo orbital durou 108 minutos.

Yuri Gagarin foi capa das maiores revistas dos EUA, em abril de 1961. Imagem: Internet.

.

Mais uma vez correndo atrás, os norte-americanos lançaram Alan Shepard, em maio de 1961. Somente alguns dias após Gagarin. Isso nos mostra que realmente era uma corrida apertada entre as duas potências. Porém, somente em 20 de fevereiro de 1962, um norte-americano orbitou a Terra como o soviético fez. A proeza foi de John Glen, através da missão Mercury-Atlas 6.

Poderíamos colocar o placar 4×0, pelo homem no espaço e orbitar a Terra. Mas, vamos ser humildes, URSS 3 x 0.

1º Mulher 1963

Em 16 de junho de 1963, os soviéticos colocaram a primeira mulher no espaço, Valentina Tereshkova. A bordo da nave Vostok 6, a astronauta deu 48 voltas em torno da Terra. Permaneceu incríveis 71 horas em órbita. Ela foi preparada por Gagarin e só tinha 26 anos de idade.

Até os dias atuais é a única mulher a ter feito um voo solo ao espaço. Imagem: Internet.

.

Tudo nos parece milimetricamente pensado para vencer os norte-americanos. URSS 4 x 0.

1º Caminhada Espacial 1965

Mais uma vez a URSS abalou o mundo, quando Alexey Leonov saiu da nave Voskhod 2 e foi o primeiro ser humano a fazer uma caminhada espacial. Ficou por 12 minutos no espaço. Correndo atrás, em 1966 os norte-americanos colocaram Edward White por cinco horas fora da nave, através do programa Gemini.

Aleksei Arkhipovitch Leonov revolucionou a corrida espacial ao mostrar que os humanos podem sobreviver no espaço, apenas com um traje específico. Imagem: Internet.

.

Goleada, URSS 5 x 0.

1º Homem na Lua 1969

A partir de 1966 o projeto soviético sofreu uma série de reveses. Em 14 de janeiro, morreu Sergei Korolev, homem chave no programa espacial da URSS. Em março de 1968, outra tragédia, a morte de Yuri Gagarin, durante um voo teste. Para piorar, o foguete que seria usado pelos soviéticos para chegarem a Lua explodiu, acabando com a base de lançamento.

Pelo lado norte-americano a Lua era uma obsessão. Tudo começou com a promessa de John Kennedy, em 1961. Já em 1968, a NASA colocou a Apollo 8 em órbita lunar. Em 20 de julho de 1969, o grande dia,  Neil Armstrong e Edwin “Buzz” Aldrin pousaram e caminharam sobre a superfície  do nosso satélite natural. Eram parte da missão  Apollo 11. Michael Collins, o terceiro astronauta, ficou na nave, orbitando enquanto seus parceiros desceram no módulo lunar (Eagle).

Astronautas Neil Armstrong, Michael Collins e Buzz Aldrin. Fizeram história a bordo da Apollo 11. Imagem: Internet.

.

Em solo lunar, Armstrong pronunciou a famosa frase: “É um pequeno passo para um homem, um grande salto para a Humanidade”.

O portal G1 fez uma detalhada reportagem sobre este enorme feito, confiram. 

Agora fica a dúvida. Seria o placar URSS 5 x 1 EUA, mostrando a vitória soviética, ou o feito de chegar a Lua supera tudo que veio anteriormente, já que era o objetivo final de todos?

Até hoje, nenhum outro país colocou seres humanos na Lua, o que corrobora a vitória norte-americana.  Vários sites computam a pegada de Neil Armstrong como o capítulo final da corrida, vencida, neste caso, pelos yankees. Por outro lado, as vitórias sequenciais da União Soviética, com um orçamento infinitamente menor que o americano, impressiona. Fica a dúvida.

Buzz Aldrin fotografado na Lua por Neil Armstrong. Imagem: Internet.

.

1º Estação Espacial 1971

Mesmo após a derrota lunar, os soviéticos persistiram. Em 19 de abril de 1971, lançaram a primeira estação espacial orbital, a Salyut. Outro sucesso foi a acoplamento da nave tripulada Soyus na estação, algo evidentemente ainda inédito. Por quase 6 meses ela orbitou a Terra.

A URSS lançou várias outras estações espaciais, entre elas a MIR, que ficou em órbita de 1986 a 2001. Foram 5.511 dias em uso, dos quais 4.594 tripulada. Os norte-americanos só lançaram sua estação em 1973, chamada Skyab.

Mir foi uma estação espacial modular, montada em órbita entre 1986 e 1996. Permaneceu no espaço até 2001.  Ela serviu como um laboratório de pesquisa de microgravidade, biologia, física, astronomia, meteorologia, entre tantas outras funções. Imagem: Internet.

.

Como a chegada a Lua zerou o placar, não continuaremos a contagem. Ou deveríamos continuar? Deixo a critério do leitor.

Quer se preparar para o Enem com o Clebinho?

Ligue (31) 99951-3797 e marque sua aula com a Thelma, responsável pela Sala Lannes Belo Horizonte. Siga Professor Clebinho no Instagram! Abraços! 

Publicado em 21.07.2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *