49. Sustentabilidade: Recicle !

Dando continuidade ao importante tema do último post, iremos mostrar como podemos diminuir a produção de resíduos.

Sustentabilidade é a palavra do momento e significa o uso dos recursos naturais para a satisfação das necessidades presentes sem comprometer a satisfação das necessidades das gerações futuras.

De nada adiantaria fazermos um texto  abordando a temática do lixo urbano, como foi o último, sem ao menos tentar mostrar um caminho para a solução, que passa por alguns importantes processos.

pets-para-reciclagem

Conhecidos como catadores de lixo, essas pessoas ajudam o planeta. Estima-se que em MG 40 mil famílias vivam da coleta de resíduos. Imagem: Internet.

 

Reciclagem

É o processo de conversão  do lixo em matéria prima para novos produtos. Com isso, a natureza é preservada, a quantidade de lixo diminui, reduzindo a poluição e aumentado o tempo de vida útil dos aterros sanitários. Além disso, somente no Brasil, este ramo gera cerca de 800 mil empregos diretos.

Podemos dividir o lixo sólido em 4 grandes grupos, como mostrado na imagem abaixo:

Segundo reportagem da Revista Época, o Brasil perde por ano, jogando fora no lixo, 8 bilhões de reais. Muitas pessoas não percebem, mas o que chamamos de lixo, é matéria prima para varias indústrias.

O alumínio é sempre o mais lembrado quando o assunto é reciclagem. Imagem: Internet

.

Os dados variam conforme as fontes, mas o Brasil só recicla pouco mais de 10% de seu lixo. Bem menos que países europeus, que já reciclam mais de 50%.

O problema abrange várias esferas, tem início com os cidadãos que não se preocupam em separar o próprio lixo. Além disso, não adianta nada cada um de nós separarmos nossos resíduos se na cidade não existir a coleta seletiva. Se a limpeza urbana não promover a separação, nosso trabalho será jogado fora, com o lixo se misturando novamente durante o transporte.

Segundo reportagem na Revista Exame, comente 13% da população brasileira é atendida pela coleta seletiva. Em algumas cidades o serviço existe, mas não atende a todos os bairros.

Você Sabia?

A cada 50 quilos de papel reciclado evita que uma árvore seja cortada?

A cada 50 quilos de alumínio reciclado, evita que sejam extraídos do solo cerca de 5.000 quilos de minério, a bauxita?

Com um quilo de vidro quebrado, faz-se exatamente um quilo de vidro novo? E o vidro  pode ser reciclado infinitas vezes?

Lucro

O setor da reciclagem já movimenta 12 Bilhões de reais por ano no Brasil. Um exemplo disso pode ser observado no site Setor Reciclagem, que traz dicas de como um empreendedor pode abrir um negócio voltado para o aproveitamento de plástico. Um ramo de negócio altamente lucrativo.

O portal do Sebrae também traz algumas dicas nesse sentido.

Como exemplo prático, segundo reportagem do site UOL, um ex-detento fatura hoje 1 milhão de reais por ano reciclando madeira. Que fique o exemplo aos jovens que pensam em montar um negócio.

Compostagem

O lixo orgânico também tem grande utilidade. Pode ser usado como adubo para jardins, pequenas hortas caseiras, plantas ornamentais e plantações em grande escala.

Compostagem é uma prática utilizada na China há mais de 5 mil anos. No Brasil, já é muito usada no campo e agora está se popularizando nos centros urbanos.

Para se transformar lixo em adubo é necessário uma composteira, facilmente construída com tijolos ou caixas. Nelas, você irá depositar os resíduos orgânicos de sua casa, misturados com terra. Por cima, cubra com folhas secas ou serragem para evitar o mau cheiro. Utilize minhocas para acelerar o processo de decomposição. Em cerca de dois meses, o adubo estará pronto para ser espalhado, deixando suas plantas mais saudáveis.

Compostagem_no_New_York_Times_6

Reportagem do site R7 mostrando uma composteira caseira, feita em caixas. Veja mais em Hoje em Dia

.

Para quem tem pouco espaço, a composteira em caixas é a mais utilizada, e o Blog da política Ambiental ensina como faze-la.

A compostagem é realizada com o uso dos próprios micro-organismos presentes nos resíduos, em condições ideais de temperatura, aeração e umidade.

Os Cinco “Rs”

.

1º R: Repensar: É muito importante repensar hábitos de consumo e descarte. Você está comprando algo que realmente necessita? Ao votar em um candidato, você se preocupa em saber quais as suas ideias para as questões ambientais?

2º R: Reduzir. Produzir menos lixo, dando preferência aos produtos que tenham maior durabilidade. De prioridade às embalagens retornáveis. Compre produtos a granel e leve sua própria sacola de compras.

Sacolas plásticas são as maiores responsável pela poluição das cidades e dos rios. Imagem: Funverde

.

3º R: Recusar. Não consuma produtos que prejudiquem o meio ambiente e de preferência a empresas engajadas na questão ambiental.

4º R: Reutilizar. Ao reutilizar, você estará economizando matéria-prima. Muitas pessoas criam produtos artesanais a partir de embalagens de vidro, papel, plástico, metal, entre outros.

garrafas-pet-reciclagem-45

Veja 23 maneiras de se reutilizar garrafas pet no site Hype Science

.

5º R: Reciclar. Tema central de nosso texto hoje, separe o lixo de sua residência e exija de seu prefeito e vereador a coleta seletiva em seu bairro.

Espero ter aumentado o conhecimento de todos os leitores. Curtam nossa página no Facebook e compartilhem nosso texto! Abraço do Clebinho!

* Fique atento aos vários links e fontes que coloco em meus textos. Com tempo, entre neles e complete o seu entendimento sobre o  assunto.

Publicado em 08.07.2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *