90. Demografia: Estudo Populacional

A Demografia é uma das mais importantes ciências presentes na Geografia. A palavra “Demos” significa povo e a palavra “grafia” é um radical também de origem grega (gráphein) que significa escrita. A junção das duas palavras pode ser traduzida como “Estudo populacional”.

Todos os governos necessitam pesquisar e analisar os dados de sua região para que possa entender e promover as mudanças e investimentos necessários. Não se governa, ou pelo menos não se deveria, sem o domínio completo das taxas demográficas.

IBGE

No Brasil, grande parte dos dados demográficos são pesquisados pelo IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, criado em 1936.

O  IBGE está presente nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. De 10 em 10 anos promove o censo, pesquisa detalhada sobre a  população brasileira. Aborda questões de saúde, renda, educação, etnia, faixa etária e até a preferência religiosa do brasileiro. Veja o resultado completo do Censo 2010.

censo-2010

Máquina que os pesquisadores do Censo utilizam para armazenar as informações. Imagem: Internet.

.

Entre os Censos, pesquisas menores e estimativas são divulgadas ano a ano como forma de atualizar os dados.

Taxas Demográficas

Com o objetivo de trazer ao nosso leitor um maior conhecimento em relação ao mundo e ao Brasil, nosso blog aborda as principais taxas demográficas, seus conceitos e os números.

Óbvio que as taxas variam de ano para ano, mas tentamos trazer os números mais recentes possíveis. Hoje, iremos mostrar 5 taxas:

1 – População absoluta: É a quantidade total de pessoas vivendo em um determinado local. Quando um país possui numerosa população absoluta dizemos que ele é  populoso.

A população mundial atingiu  7 bilhões de habitantes em 2011, um número impressionante. Estima-se que a população global chegou a 7,6 bilhões, em outubro de 2017.  Em 2043, as previsões são de 9 bilhões.  O planeta terá condições de prover matérias primas para todo esse contingente populacional? É o que todos os pesquisadores estão tentando responder. Com o atual ritmo de consumo, com certeza não.

areas-mais-populosas-do-mundo-paises

Clique para ampliar. Países mais populosos do mundo (2014). Em 2016 o Brasil chegou a 207,7 milhões de habitantes. Imagem: Internet.

.

O continente asiático representa 61% da população do planeta. Somente China e Índia representam cerca de 38%. A África vem em segundo com 14% do contingente mundial. A Oceania representa menos de 1%.

distribuicao_populacao1

Distribuição da população por continentes e regiões. Imagem: Internet.

.

Brasil

Em nosso país, de acordo com o IBGE, os estados mais populosos em agosto de 2017 foram:

SP São Paulo 45 094 866
MG Minas Gerais 21 119 536
RJ Rio de Janeiro 16 718 956
BA Bahia 15 344 447
RS Rio Grande do Sul 11 322 895
PR Paraná 11 320 892
PE Pernambuco 9 473 266
CE Ceará 9 020 460

Veja lista completa no site Click Escolar.

Em relação aos municípios, os mais populosos do Brasil em 2016 foram:

SP São Paulo 12.038.175
RJ Rio de Janeiro 6.498.837
DF Brasília 2.977.216
BA Salvador 2.938.092
CE Fortaleza 2.609.716
MG Belo Horizonte 2.513.451
AM Manaus 2.094.391
PR Curitiba 1.893.997

Veja a lista com os 200 municípios mais populosos no site da Revista Exame.

Com as conurbações¹, surgiram as regiões metropolitanas , ou seja, uma metrópole central cercada por cidades menores que já se juntaram a ela.  As posições se modificam bastante em relação aos municípios, compare as duas tabelas. As estimativas para 2016 indicam:

SP São Paulo 21 242 939
RJ Rio de Janeiro 12 330 186
MG Belo Horizonte 5 873 841
DF Brasília 4 291 577
RS Porto Alegre 4 276 475
CE Fortaleza 4 019 213
BA Salvador 3 984 583
PE Recife 3 940 456

Veja a lista completa no site Wikipédia.

2 – População relativa: Também chamada de Densidade Demográfica. É obtida se dividindo a população de um local pela sua área. O resultado demonstra quantos habitantes o local possui, em média, para cada quilômetro quadrado.

140611

População relativa mundial. Quanto mais vermelho, maior é a densidade da região. Imagem: internet.

.

No caso do Brasil, temos em torno de 24 habitantes, em média, por Km². É um número baixo, pois apesar de sermos populosos, ao dividir pela imensa área, o resultado é pequeno.

jbg5063

Densidade demográfica por regiões do Brasil. Reparem a diferença entre SP, com mais de 100 Hab./Km² para regiões do Norte com menos de 1 Hab./Km² . Imagem: internet.

.

Apesar de não sermos um país densamente povoado, existem regiões no Brasil onde a concentração de pessoas é enorme, como nos estados do Sudeste.

3 – Taxa de analfabetismo: É o percentual de pessoas acima dos 15 anos de idade que não sabem ler e escrever em sua língua natal.

Os números brasileiros vem melhorando, estamos diminuindo nosso analfabetismo. Em 2013 nosso número ficou em 8,3%. Pode parecer pequeno, mas são 13 milhões de brasileiros nessa situação inaceitável. Confira a reportagem no site UOL.

Queda no analfabetismo no Brasil. Atualmente estamos em torno de 8%, ainda não é o suficiente. Imagem: Internet.

.

No Brasil existe uma grande polêmica em relação ao analfabetismo. Segundo o IBGE se uma pessoa consegue escrever o próprio nome, não é considerada analfabeta. Isso gera um descompasso entre a realidade e os números gerados. Sendo assim foi criada a taxa de analfabetismo funcional.

4 – Analfabetismo Funcional: Pessoa capaz de identificar letras e números, escrever o próprio nome, mas não consegue interpretar textos e realizar operações matemáticas mais complexas.

O censo de 2010 mostrou que 20,3% dos adultos no Brasil são analfabetos funcionais. No Nordeste o total chega a 30,8%. O número total chega a 35 milhões de brasileiros, até mesmo no ensino superior foram detectadas pessoas que se enquadram nessa situação.

Um país nunca será desenvolvido com uma parcela tão grande de adultos nessa situação. Infelizmente a educação nunca foi prioridade no Brasil.

5 – Expectativa de vida: É uma das taxas mais importantes para se avaliar as condições de vida em um local. Também pode ser chamada de esperança de vida.

Ela é medida fazendo uma média das idades das pessoas que morreram ao longo de um período, geralmente o ano anterior.

Nossa expectativa de vida atualmente é de 75,5 anos em 2015. No caso do Brasil, nossos números melhoraram significativamente, mas ainda estamos bem atrás dos países mais desenvolvidos, que já orbitam os 80 anos. Veja reportagem no site do Jornal Estado de Minas.

https://geographicae.files.wordpress.com/2007/10/life_expectancy_world_map1.jpg

Expectativas de vida pelo mundo. Brasil está em um patamar abaixo dos países desenvolvidos. Imagem: Internet.

.

Próximo texto

Em nosso próximo post, mostraremos outras importantes taxas como Fecundidade, IDH e pib per capta. Muitas mudanças vem ocorrendo no Brasil nas últimas décadas. Imperdível.

Espero ter aumentado seu conhecimento.  Curta nossa página no Facebook e compartilhe nosso texto! Abraço do Clebinho!

Publicado em 29.11.2015

Revisado em 25.10.2017

 1- Conurbação: é um fenômeno urbano onde duas ou mais cidades constituem uma única malha urbana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *