94. A Maior Favela do Mundo

Desde o início deste blog, era nosso desejo fazer textos abordando grandes curiosidades construídas pelos seres humanos. Vamos abordar, em alguns posts, temas fantásticos, que aguçarão a curiosidade e, em alguns casos, a preocupação dos nossos leitores.

Vamos conhecer as maiores construções do mundo em alguns setores. Não só pelas curiosidades, mas pelos conceitos, números, e  quando os assuntos não forem positivos, tentar trazer soluções.

No texto de hoje, mostraremos graves problemas que precisamos enfrentar, as moradias precárias. Vamos falar das favelas, locais de gente trabalhadora, com uma vida cultura incrível, mas que carece de infraestrutura urbana:

Favela

É um assentamento urbano informal, densamente povoado, caracterizado por moradias precárias. Mesmo sendo diferentes entre si, todas elas carecem de infraestrutura e regularização fundiária.

Conhecidas como invasões, baixadas, comunidades, vilas, ressacas, mocambos ou palafitas, essas áreas abrigam os lares de 6% da população brasileira, o que representa 11.425.644 pessoas. De acordo com o Censo feito pelo IBGE em 2010, 3.224.529 domicílios brasileiros se encontram nessas áreas, o que representa 5,6% do total de residências existentes no País.

Segundo a ONU, 863 milhões de pessoas vivem em favelas no mundo em desenvolvimento.

Barrio_de_Caracas

Favela em Caracas, Venezuela. Imagem: Internet

.

Origem do Nome Favela

No final do Século XIX, um arraial, denominado Canudos, enfrentou o Governo Federal brasileiro. Para lutar contra o assentamento, milhares de soldados foram encaminhado ao local. O acampamento da tropa estava localizado em um morro, onde era abundante uma planta conhecida como Favela. A partir daí, passaram a chamar o local de morro da Favela.

Após o fim da guerra, em 1897, alguns soldados voltaram para o Rio de Janeiro e ficaram desamparados, sem receber o soldo. Não tendo condições financeiras, se instalaram em um morro próximo ao centro da cidade, que ficou conhecido como Providência, já que exigiam uma atitude do governo.

Em uma alusão ao antigo acampamento, o nome popular dos barracos improvisados se tornou favela, por parecer com o morro próximo a Canudos. A partir dai, todo local de moradia precária no Rio de Janeiro passou a ser chamado de favela.

.

 

 

favela22

Planta Favela. Veja a reportagem completa no site G1.

.

Origem das Favelas

Os motivos do crescimento dessas locais foram a desigualdade social e o forte êxodo rural, que expulsou milhares de pessoas do campo. Chegando nas cidades, toda essa massa populacional não conseguiu empregos, nem moradias formais. Os morros e beiras de rios, foram as soluções possíveis.

No Brasil, este fenômeno teve um recrudescimento a partir da década de 1950. Infelizmente, nossos políticos da época, não promoveram ações habitacionais para mitigar este problema, que prosseguiu nas décadas posteriores. Outra possível solução teria sido uma real reforma agrária, que daria condições aos brasileiros de ficarem no campo, evitando a chegada maciça nas cidades.

Veja abaixo, em ordem de proporção em relação a sua população total, as regiões metropolitanas com maior número de pessoas vivendo em favelas.


Região metropolitana Pop. residente
em aglomerados
Proporção em relação à
pop. total
Belém 1.131.368 53,9%
Salvador 931.662 26,1%
São Luís 325.139 24,5%
Recife 852.700 23,2%
Baixada Santista 287.191 17,9%
Manaus 315.415 15%
Rio de Janeiro 1.702.073 14,4%
Teresina 154.385 13,4%
Fortaleza 430.207 11,9%
São Paulo 2.162.368 11%

Veja o texto completo no site Wikipédia.

Vale lembrar que países como os EUA e Canadá, até o início do século XX, tiveram suas favelas, diferentes das nossas em alguns pontos, mas ainda sim, similar em várias questões.  Atualmente, com o enorme fluxo de imigrantes chegando na Europa, países como a França também possuem bairros precários.

 

getimage.exe

Favela em Seattle, EUA. Chamadas de Hoovervilles, em “homenagem” ao presidente norte americano pós Crise de 1929. Imagem: The Great Depression

.

Maior Favela do Mundo

A maior favela do Brasil, a Rocinha, localizada no Rio de Janeiro, nem de perto pode ser comparada com as maiores do mundo. Como é difícil conceituar uma favela e definir até onde vai o seu limite, existem alguns rankings em relação as maiores do mundo.

Alguns, de forma equivocada, como este do site R7, definem Maharashtra, na Índia, como maior favela do mundo, com seus 19 milhões de habitantes. Isso é um enorme erro, visto que Maharashtra é um Estado indiano, sua maior cidade é Mumbai, com 12 milhões. Portanto não é uma favela contínua, e sim várias distribuídas por inúmeros municípios.

http://virusdaarte.net/wp-content/uploads/2013/03/darav.jpg

Favela Dharavi em Mumbai, Índia. Imagem: Internet.

.

Realmente, Mumbai é uma das cidades do mundo com maior nível de crescimento de favelas. Nesta cidade, cerca de 55% da população mora em moradias precárias que correspondem a somente 6% da área do município. Mas nem de perto o número chega a 19 milhões.

É consenso então, entre os estudiosos em urbanização, que a maior favela do mundo é a de Kibera, na cidade de Nairóbi, capital do Quênia. São impressionantes 2,5 milhões de pessoas vivendo de forma precária. Isso é 31 vezes maior que a Rocinha.

.

Kibera, Quênia. A maior favela do mundo. Veja mais em Gigantes do mundo.

.

Saiba mais sobre Kibera no site Wikipédia. O site BBC, também fez uma reportagem sobre a região em 2015, onde estimou a população do local em um número menor, 800 mil. Independente da diferença entre os números, é muita gente. Metade da população está desempregada e existe uma epidemia de AIDS no local.

http://iaps.zrc-sazu.si/sites/default/files/kibera_numbering_m.jpg

Kibera dividida em 12 zoneamentos. Imagem: Internet.

Infelizmente, as mazelas do continente africano só tocam o mundo quando os países desenvolvidos são afetados. Um exemplo disso foi o surto de Ebola, que só foi combatido quando o primeiro caso foi diagnosticado na Europa.

Maior favela vertical do Mundo

São prédios, onde as condições de vida são precárias. A maior favela vertical que já existiu foi Kowloon Walled City. Era uma espécie de condomínio murado densamente povoado, localizado em New Kowloon, Hong Kong.

Kowloon Walled City, em Hong Kong. Veja mais no site Gigantes do Mundo.

O local chegou a ter cerca de 33.000 moradores e era bastante famoso por ser um antro de prostituição, jogos de azar e tráfico de drogas. Com o incrível crescimento econômico de Hong Kong, o quarteirão foi demolido em 1993 e nele, construído um parque, inaugurado em 1995.

Solução

Não podemos deixar de mostrar possíveis soluções para o problema de moradias. O prestigiado ex-prefeito de Curitiba, Jaime Lerner, escreveu para a revista Galileu, uma série de medidas para se revolver a questão. Ele fala sobre coleta de lixo, geração de empregos, água, esgoto e energia, confiram.

Espero ter aumentado seu conhecimento.  Curta nossa página no Facebook e compartilhe nosso texto! Abraço do Clebinho!

Publicado em 13.12.2015

 

2 comments to “94. A Maior Favela do Mundo”
  1. Na verdade a maior favela do mundo é a favela de Neza no México, quem tem mais de 4 milhões de habitantes.

    • A verdade é que existem inúmeros sites com discrepância entre eles. Não existe um ranking oficial. Já li sobre a Índia com uma favela de 20 milhões de pessoas, mas na verdade era considerado um estado inteiro, algo absurdo. É difícil definir até onde vai uma favela, e até mesmo o que é uma. Então segeui os links que deixei no texto. Mas valeu pela dica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *