108. 1º Guerra – Tratado de Versalhes

Em nosso dois últimos textos, observamos o início e desenrolar da 1º Guerra Mundial.

Balanço-e-conseqüências-da-Primeira-Guerra-Mundial

Metralhadora e máscaras de gás, cena comum durante a 1º Guerra Mundial. Imagem: Internet.

.

Constatamos que a guerra estava tremendamente equilibrada, até a entrada de uma ainda promissora potência:

Os EUA entram e decidem o conflito

A princípio, os norte-americanos eram neutros na guerra europeia. O problema é que ao longo do conflito, vendo uma possibilidade de aumentar as vendas de seus produtos para o exterior, indústrias americanas fabricaram e enviaram, para ser pago posteriormente, muitos suprimentos a ingleses e franceses.

Vendo a possibilidade de vitória alemã, já que a Rússia titubeava (logo depois entrou em colapso), os yankees tiveram que intervir para evitar um possível calote, caso França e Inglaterra saíssem perdedoras. Os grandes monopólios dos EUA começaram a patrocinar campanhas na imprensa a favor da entrada do país na guerra para garantir seus interesses.

'Destroy_this_mad_brute'_WWI_propaganda_poster_(US_version)

O governo norte americano também fez propagandas contra os alemães, como se fossem o King Kong, grande sucesso da época. Imagem: Internet.

.

O ataque a navios mercantes no Atlântico acirrou ainda mais a tensão. Um dos ataques mais famosos produzidos pelos submarinos alemães foi o afundamento do transatlântico Lusitânia, navio que guardava semelhanças com o Titanic. Neste ataque ao navio inglês, 128 norte-americanos morreram.

O site Tok de História fez uma reportagem completa sobre os 100 anos do naufrágio do Lusitânia, confiram. 

WWI_U-boat (1)

Ilustração de um navio norte-americano sendo torpedeado pelos alemães. Imagem: Internet

.

Em 6 de abril de 1917, após novos ataques,  os EUA declararam guerra a Alemanha, mobilizando soldados, tanques, navios e aviões para o combate.

7707964_orig

Jornal do dia 7 de abril, mostrando a entrada norte americana no conflito, anunciada no dia anterior. Imagem: Internet.

Fim da guerra

A chegada de 4 milhões de soldados norte-americanos totalmente descansados foi decisiva para o conflito. Esgotados, depois de quase 4 anos de duras batalhas, fome e frio, os alemães sucumbiram.

ww1soldiersdock (2)

Norte-americanos prontos para o combate na 1º Guerra. Imagem: Internet.

.

Veja no site  youtube um interessante vídeo que mostra o desenrolar da 1° Guerra Mundial em um mapa.

Consequências

As sequelas do conflito foram enormes, as maiores já observadas na Europa até então. A Rússia se transformou um país socialista, que depois formou a poderosa União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

O Império Austro-Húngaro foi retalhado em vários pedaços que, atualmente, fazem parte de 14 países diferentes.

imperio austrohungaro

O que era o Império Austro-húngaro, depois retalhado em vários. Imagem: Internet.

.

O Império Otomano, rival da Sérvia, resolveu entrar na 1º Guerra ao lado da Alemanha. Derrotado, também foi dissolvido. A maior parte de seu território foi ocupado pelas potências vencedoras do conflito e o que restou se organizou no país chamado de Turquia.

Vejam os incríveis números da 1º Guerra Mundial no site do EM. O site History Channel também fez um infográfico sobre o conflito, confiram!

europa-1914-1918

Mapa da Europa antes e depois da 1º Guerra Mundial. Imagem: Internet.

.

O acordo de paz, assinado pela Alemanha, ficou conhecido como Versalhes e provavelmente foi a maior consequência do conflito, já que, mais tarde, foi a plataforma inicial do ódio propagado pelo nazismo.

Tratado de Versalhes

O acordo foi assinado após várias conferências, ocorridas no Palácio de Versalhes, na França. O texto final foi assinado no dia 28 de junho de 1919 e a Alemanha foi considerada a grande culpada pela guerra, sendo obrigada a concordar com todos os seus itens.

tratado-de-versalhes

Foto de uma das conferências realizadas no Palácio de Versalhes. Imagem: Internet.

.

As punições eram severas, entre as quais destacamos:

  • O pagamento, como indenização de guerra, aos países vencedores, principalmente França e Inglaterra. A quantia era de 269 bilhões de marcos;
  • O reconhecimento da independência da Áustria, sua antiga aliada. Ou pelo menos do que sobrou dela;
  • A perda de duas cidades, Malmedy e Eupen, que gora passariam para a Bélgica;
  • Devolução à Polônia das províncias de Posen e Prússia Ocidental;
  • Devolução dos territórios da Alsácia-Lorena à França, regiões muito ricas em recursos;
  • A região do Sarre seria controlada por 15 anos pela recém criada Ligas Das Nações¹;
  • A perda da região da Sonderjutlândia, que iria para a Dinamarca
Verlorenes Land

Em preto a Alemanha, em vermelho as regiões perdidas após o Tratado de Versalhes. Imagem: Internet.

.

Em termos militares o acordo também previa:

  • A redução de seu exército para, no máximo, cem mil soldados;
  • A proibição da fabricação de tanques e armamentos pesados;
  • A proibição de ter aeronáutica;
  • A redução da marinha alemã para 15 mil marinheiros, seis navios de guerra e seis cruzadores.

Emerge então, desse tratado, uma nova e combalida Alemanha, conhecida historicamente como a República de Weimar, referência ao nome da cidade onde foi assinada a nova constituição do país.

Os sentimentos de revolta, desânimo e desespero  foram as marcas deste novo país, endividado e diminuído pelas potências rivais.

Próximo texto

Uma ideologia crescente na Europa soube muito bem explorar este momento, surgindo como a grande esperança de renascimento alemão, tema de nosso próximo texto, imperdível.

Espero ter aumentado seu conhecimento.  Curta nossa página no Facebook e compartilhe nosso texto! Abraço do Clebinho

1 – Ligas Das Nações: era o nome de uma organização internacional, criada em 1919, que tinha como objetivo reunir todas as nações da Terra e, através da mediação e arbitragem entre as mesmas, manter a paz e a ordem no mundo inteiro. Foi substituída pela ONU.

2 – Participação do Brasil na 1º Guera: Nosso país declarou guerra aos países da Tríplice Aliança em 1 de junho de1917. Porém, o Brasil não enviou soldados  para os campos de batalha na Europa e sim medicamentos e equipes de assistência médica a Tríplice Entente.

Publicado em 16.03.2016

One comment to “108. 1º Guerra – Tratado de Versalhes”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *