123. Biogás – O Gás do Lixo

Em nosso último texto, apresentamos aos leitores de nosso blog o biodiesel, energia alternativa ao óleo diesel. No texto de hoje, abordaremos outra fonte de energia classificada como biomassa, o biogás.

A Biomassa representa cerca de 30% da matriz energética brasileira. Etanol, lenha e carvão vegetal são as mais utilizadas. Biodiesel e Biogás estão em franco crescimento.

O biogás é produzido a partir da decomposição de matéria orgânica por bactérias. É uma excelente opção ao gás natural e ao GLP (gás liquefeito de petróleo), ambas energias fósseis.

A produção deste gás ecológico ocorre de forma espontânea em qualquer local onde exista matéria orgânica em deterioração e o oxigênio não consiga penetrar. Fundo de pântanos, solos ricos em matéria orgânica,  intestinos de animais, aterros sanitários e lixões são exemplos típicos de ambientes propícios para a formação desta matriz energética.

O-que-a-polícia-encontrou-neste-pântano-é-estranho-e-bizarro-1-549x700

O fundo de regiões pantanosas, ricas em matéria orgânica, são locais propícios para a produção natural do Biogás. Imagem: Internet

.

O metano é o responsável pela produção de energia e compõe entre 55% a 75% da composição do gás. O restante basicamente é dióxido de carbono.

composicao-do-biogas

Composição do Biogás. Imagem: Internet.

.

As bactérias anaeróbicas, responsáveis pela produção do metano, paralisam seu metabolismo e deixam de se desenvolver na presença de oxigênio. Por isso a produção de biogás ocorre somente ocorre em locais hermeticamente vedados.

Como a produção de resíduos humanos é excessiva e constante, o biogás pode ser considerado uma energia renovável.

Histórico

É uma fonte de energia conhecida há muitas décadas. No século XIX, Louis Pasteur fez uma demonstração, obtendo biogás através de uma mistura de água com estrume. Foi o primeiro a sugerir sua utilização para uso no aquecimento e na iluminação pública, o que seria feito pela primeira vez em 1857, na Índia.

A Inglaterra, desde a década de 1940, já armazena o biogás obtido através de seus efluentes (esgotos).

Produção

Atualmente, os seres humanos dominam técnicas para produzir, armazenar, distribuir e utilizar este gás que é produzido pela decomposição orgânica. O nome do principal equipamento utilizado para tal é biodigestor ou biofermentador, podendo ser construído de inúmeras maneiras.

Biodigestores Anaeróbios. Imagem: Internet.

.

Artificialmente, pode-se adicionam nutrientes específicos, controlar a temperatura e o PH da mistura, aumentando a fermentação e produção do gás.

biogases-futura-fonte-de-energia-5

O biodigestor é muito simples. o produtor coloca a matéria orgânica em um reservatório que a conduzirá ao equipamento. Lá dentro, o gás será gerado (amarelo) . Pode também existir uma segunda câmara onde o efluente (líquido) é armazenando e separado do sólido, já que é mais leve e fica por cima.  Imagem: internet

.

China e Índia utilizam maciçamente estes equipamentos em áreas rurais e pequenas cidades. No Brasil, o campo é responsável pela maior parte do uso.

biogc3a1s-2

No Brasil existem os biodigestores infláveis, muito comuns nas áreas rurais. Imagem: Internet

Utilização

O biogás pode ser utilizado em qualquer motor movido a gás. Entre os usos mais comuns estão a geração de energia elétrica e aquecedores.

Após a obtenção do biogás, o restante da matéria orgânica  pode ser utilizada como adubo e o líquido aplicado nas lavouras, como biofertilizante. Como só entra matéria orgânica no biodigestor, este líquido não provoca danos ao meio ambiente ou ao lençol freático.

No passado, os aterros sanitários queimavam o gás proveniente do lixo para evitar explosões. Hoje, o biogás é captado e usado para gerar energia elétrica.

File written by Adobe Photoshop? 4.0

A imagem mostra um “raio-X” de um aterro. O gás é captado por tubos que o conduzem a geradores elétricos e aquecedores. Imagem: Internet.

.

Em exemplo é o aterro sanitário de Guatapará (SP), que  começou a gerar energia elétrica a partir de biogás. A usina instalada no local tem capacidade para abastecer uma cidade com 18 mil habitantes. Veja reportagem completa no site G1. 

Em Belo Horizonte, a Copasa já possui uma termelétrica movia pelo gás que é produzido na estação de tratamento de esgoto. Veja reportagem completa no site Terra. 

2603164-6480-rec

Usina termelétrica da Copasa em BH. Imagem: site Terra.

Gerar biogás a partir do lixo é uma alternativa espetacular para uma sociedade que cresce, produz cada vez mais resíduos e demanda níveis crescentes de energias.

Próximo texto

Nosso post número 124 irá abordar outra importante fonte de energia, a hidrelétrica. Muito importante para a geração de nossa eletricidade, mas também bastante polêmica, confiram.

Espero ter aumentado seu conhecimento.  Curta nossa página no Facebook e compartilhe nosso texto! Abraço do Clebinho!

Publicado em 22.06.2016

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *