19. Um Rio Sagrado e Poluído

A Índia é o segundo país mais populoso do  mundo, com mais de 1,2 bilhão de pessoas, seis vezes superior  a população brasileira. É o sétimo maior território do mundo, a 10ª  maior economia (PIB), possui 23 línguas oficiais e mais de 3 mil castas (hierarquia social definida pela origem da pessoa). A maioria da população é Hindu (80%), mas existem também muçulmanos, cristãos, sikhs, budistas entre outras religiões.  Um verdadeiro caldeirão cultural, social e religioso. Um  formigueiro humano.

 O Rio Ganges

river-ganges-map

Rios que formam o Ganges em seu percurso que atravessa a Índia
Reprodução: Internet

É um símbolo nacional,  o mais importante do país e um dos mais importantes da Ásia. O rio Ganges, também conhecido como Benares, tem uma missão difícil, atravessar e abastecer uma grande parte desse intenso e movimentado país.

O rio nasce na Cordilheira do  Himalaia, a mais alta cadeia de montanhas do planeta, abastecido pelo degelo da neve que cobre a região.

Possui uma extensão de 2.510 Km e atravessa o norte da  Índia,  desaguando  no Golfo de Bengala, em um país chamado Bangladesh. Sua bacia hidrográfica drena as águas de 2.165 mil quilômetros quadrados. Em território indiano, o rio atravessa importantes cidades como Calcutá, Kara e Allahabad e  Varanasi,  considerada a mais sagrada para a  religião Hindu.

http://www.makemytrip.com/travel-guide/media/dg_image/varanasi/thumb/Varanasi,-India_0_19_161_varanasi_938_410.jpg

Cidade sagrada de Varanasi. Imagem:http://www.makemytrip.com

O rio tem um papel muito importante na região, pois ajuda a alimentar quase 400 milhões de habitantes que vivem em suas margens. A densidade demográfica da região por onde o rio atravessa é de  390 habitantes por km², um número assustador. Para efeitos de comparação, no Brasil, o número é de 22. Nas cheias do rio, suas águas transbordam e fertilizam o solo, amplamente utilizados na agricultura, com destaque para: trigo, arroz,  algodão e cana-de-açúcar. Além, é claro, de ser utilizada para abastecimento de  e pesca para milhões de hindus.

O Hinduísmo

A religião Hindu, predominante na Índia, considera o rio sagrado. Acreditam que ele é uma entidade, com poder de purificar todos os pecados. Os seguidores hindus acreditam que a vida não se completa sem que, pelo menos uma vez, a pessoa mergulhe nas águas do Ganges. Acreditam, até mesmo, que suas águas possuem poder de curar doenças. Inúmeros templos margeiam o rio, onde ocorrem  gigantescos festivais religiosos.

O rio Ganges é  considerado a personificação da deusa Ganga Kalighat.

Rio Ganges - Índia

Tradição dos Indianos se purificarem no Rio Ganges.
Reprodução: Internet

A Poluição

O problema é que, mesmo sagrado, o rio Ganges está totalmente poluído, especialmente depois que vários de seus rios formadores se juntam ao Ganges. Desde a década de 1990 suas águas são consideradas impróprias para o uso. O nível de coliformes fecais está muito acima dos limites aceitáveis pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para água despoluída.

11i

Se deparar com cadáveres é comum no Ganges, já que pessoas com poucas condições financeiras não conseguem custear a cremação do corpo. Imagem: Internet

Corrupção, falta de vontade política, desconhecimento técnico e científico podem ser apontados como causas que geram o efeito devastador da poluição das águas. Existe ocorrência de um hospital,  para tratamento de tuberculosos, que despeja seus dejetos diretamente no Ganges.

Esgotos domésticos, resíduos tóxicos das indústrias, pesticidas agrícolas e até mesmo corpos são jogados no rio.  É tradição na Índia cremar os corpos dos mortos e jogar as cinzas no Ganges. O problema é que as castas mais pobres nem sempre tem condições de cremar o falecido corretamente.  É comum jogar o corpo parcialmente queimado, em alguns casos, nem isso, somente enrolado em um pano. Tudo isso coloca em risco as mais de 140 espécies de peixes existentes no rio, algumas a beira da extinção.

Rio Ganges - Índia

Indianos procurando algum objeto de valor no lixo depositado no Rio Ganges após festival religioso
Reprodução: Internet

É impressionante como um país tão rico em história e cultura, permite que seu principal rio esteja assim. Provavelmente, os indianos estejam pensando o mesmo de nós, brasileiros, que temos rios equivalentes, ou até piores que o Ganges, considerado um dos 5 mais poluídos do mundo. Rio Arrudas em Belo Horizonte e Tietê em São Paulo, são motivos de vergonha para nós. Na nossa cidade, a estratégia foi tampar o rio, construir avenidas em cima,  algo parecido com varrer a sujeira para debaixo do tapete.

boyintrash

Indiana mergulhada no Ganges. Reprodução: Internet

Informações sobre a Índia podem ser obtidas nos endereços:

Consulado da Índia em São Paulo

Av. Paulista, 925, 7o andar – Cerqueira César
São Paulo – SP – CEP 01311-100
tel. (0xx11) 3171-0340 / 3171-0341

Embaixada da Índia

SHIS QL 08, CONJ. 08, CASA 01, Lago Sul – Brasília, DF.
Tel. (061)3248-4006, fax (061) 3248-7849
E-mail: indemb@indianembassy.org.br

Espero ter aumentado o conhecimento de todos os leitores. Curtam nossa página no Facebook e compartilhem nosso texto! Abraço do Clebinho!

Publicado em 25.03.2015

5 comments to “19. Um Rio Sagrado e Poluído”
  1. Quando lemos a matéria com calma, e observamos detalhes das imagens, assusta. Um rio que atende ao DOBRO da população brasileira e que os próprios usuários não respeitam o direito sagrado à água dos que estão na sequência da correnteza, vemos que o problema cultural está provocando tragédias que, em breve, ficará fora de controle de tudo e de todos. TRISTE FIM DE UM RIO SAGRADO.

    • Você tem toda razão, o que não podemos é achar que a Índia é um ponto fora da curva, infelizmente a grande maioria dos países do mundo poluem seus rios. Nos EUA, em Cleveland, tinha um rio tão poluído com produtos químicos que chegou a pegar fogo. Logo os rios que os dão alimento e água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *