139. Biomas do Brasil: Cerrado e Caatinga

Conhecer os biomas do Brasil, além de ser um ato de resistência, já que estão sendo devastados, é uma boa preparação para o Enem e concursos públicos com alvo em conhecimentos gerais.

Antes de mostrarmos como é a realidade brasileira, vamos conceituar “bioma”, uma palavra criada pelo norte americano Frederic Clements (1943). Significa associações relativamente homogêneas de plantas, animais e outros seres vivos (fungos, bactérias…) com equilíbrio entre si e com o meio físico.

Em resumo, são regiões do planeta Terra que possuem vegetações relativamente parecidas. É um conjunto de ecossistemas com inúmeras similaridades.  A latitude, altitude e o clima são fundamentais para a distinção entre os biomas.

Brasil

Nosso enorme país possui 6 biomas diferentes. São eles: Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga, Campos e Pantanal.
biomas-no-brasil

Os seis biomas do Brasil. A linha pontilhada é o Trópico de Capricórnio. Imagem: Not1

.

É importante salientar que todos os biomas do Brasil foram e estão sendo duramente modificados pelos seres humanos.

Nosso blog já abordou este importante tema. Dos 6 biomas, 3 já foram objetos de nossos textos:

A Mata Atlântica: texto 17, ” Cadê a Mata Que Estava Aqui? “, onde abordamos a sua incrível diminuição.

O Pantanal e a Amazônia estiveram presentes  no  texto 96, “Os Gigantes da Natureza: Pantanal e Amazonas”, post com dois temas, onde abordamos a maior planície inundável do mundo, além de retratar o rio Amazonas, maior do planeta.

Amazônia  também esteve presente em outros textos.  Foi tema no texto 79: “A Amazônia e os Rios Voadores” e no 135: “Bacias Hidrográficas: Amazônica e Platina”.

Dito isso, iremos focar nossos próximos artigos nos biomas restantes.

Cerrado

É o segundo maior bioma do Brasil, com  2.045.064 km² em seu tamanho original. Obviamente, hoje este tamanho não é mais a sua realidade.

Está presente no coração do Brasil, abrangendo a região central do país. Bahia, Distrito Federal, Minas Gerais, Goiás,  Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí e Tocantins são Unidades da Federação presentes neste bioma.

cerrado_ecoregion

O cerrado abrange a porção central do Brasil. Imagem: Internet

O clima predominante no Cerrado é o Tropical, caracterizado por um período de maior calor e chuva, contrapondo-se a outro mais frio e seco. Por isso é coberto por espécies tropófilas (adaptadas a dois momentos distintos no ano).

Mundialmente, o cerrado é classificado como savana, mesmo tendo algumas diferenças em relação a famosa vegetação africana, onde vivem os maiores mamíferos terrestres da Terra.

fauna-e-flora-do-cerrado-13

Paisagem típica do Cerrado. Imagem: Internet

.

Sua vegetação é caracterizada por árvores baixas, arbustos espaçados e gramíneas. O interessante é que a maioria das plantas possuem adaptações que as protegem contra o fogo, como, por exemplo, casca grossa no tronco.

Pode ser subdividido em cerradão, cerrado típico, campo cerrado, campo sujo campo limpo. Principalmente a altitude e a proximidade com cursos d’água, causam esta mudança em sua paisagem.

web_54137_36724-1

O Lobo Guará é um dos símbolos do Cerrado. Imagem: WWF.

.

Segundo estimativas, neste bioma existem cerca de  11.000 espécies vegetais, 837 de aves e 199  mamíferos diferentes. Os números de peixes impressionam, 1200 espécies, além de 180 tipos de répteis e 150 anfíbios. Por volta de 40% das espécies vegetais são endêmicas. Cobras, como a Jiboia e a Jararaca, tatus, veado campeiro, onça pintada, tamanduá bandeira e lobo guará são exemplos da fauna do Cerrado. Fonte: Ministério do Meio Ambiente

Pelo fato de estar localizado em planaltos, possui as nascentes de grandes bacias hidrográficas brasileiras, como dos rios Paraná, Tocantins e São Francisco.

mapadevastacaocerrado-620x4

Mapa da devastação. Em rosa, o desmatamento até 2009. Em vermelho,  o mais recente. De verde, o que ainda resta preservado. Imagem: Internet

.

Esse desmatamento não só acaba com a flora, como também reduz a fauna. Além disso, menos água infiltra nos solos, diminuindo a recarga dos aquíferos.

Infelizmente, o ser humano foi impiedoso com o Cerrado. Grandes cidades como Belo Horizonte, Goiânia e Brasília, queimadas, produção de carvão vegetal, pecuária e agricultura vem devastando a vegetação original. Somente cerca de 20% do Cerrado ainda está preservado.

Caatinga

É a formação vegetal típica do Semiárido brasileiro, abrangendo cerca de  826 mil Km². Abrange todos os Estado do Nordeste e o norte de Minas Gerais.

caatinga_ibama

Localização da Caatinga. Imagem: Internet

Está localizada em uma região em que  chove entre 300 a 600 mm por ano. Além de pouca chuva, é bastante irregular ao longo do ano. Para comparação, na Amazônia chove mais de 2.000 mm anuais. As médias de temperaturas são elevadas o ano todo, girando entre 25°C a 29°C.

As plantas devem ser xerófilas, ou seja, adaptadas a uma longa estação seca. Para isso desenvolvem raízes profundas e perdem suas folhas no período mais crítico. Isso é uma estratégia para perder menos água através da evapotranspiração¹. Cactos, bromélias e pequenos arbustos são muito comuns.  Árvores baixas, com troncos retorcidos, completam a paisagem. As espécies mais comuns são a amburana, o umbuzeiro e o mandacaru.

1-caatinga

Paisagem típica da Caatinga. Imagem: Internet

O nome Caatinga vem da língua Tupi-Guarani e significa “caa“- mata  e “tinga“- branca. Isso se deve ao visual empoeirado da vegetação, dando um especto mais claro, principalmente na época de maior seca. É o único bioma totalmente brasileiro, não existindo em outro local do planeta.

Ao contrário do que muita gente pensa, a fauna da Caatinga é bastante diversificada. Estima-se que habitem este bioma 178 espécies de mamíferos, 591 de aves, 177 de répteis, 79 espécies de anfíbios, 241 de peixes e 221 de abelhas. A onça-parda, o tatu-bola, o soldadinho do Araripe e a ararinha-azul são exemplos dessa diversidade. Fonte: Ministério do Meio Ambiente

Infelizmente, assim como os outros biomas do Brasil, a Caatinga vem sofrendo com as investidas humanas. Principalmente a pecuária e as produções de carvão vegetal e lenha,  vem modificando bastante a vegetação. Cerca de 80% do bioma original já foi alterado.

tiki-download_file

Fiscalização do Ibama Flagrando corte ilegal de árvores. Boa parte desse carvão abastece as indústrias siderúrgicas de Minas Gerais e Espírito Santo, bem como a indústria de gesso e cerâmica do Nordeste. Imagem: CriaCac

Por não ser tão exuberante quanto outros biomas, apenas 1% da Caatinga está protegida por parques ou unidades de conservação.

Outra triste característica é a baixa renda e escolaridade dos moradores do sertão nordestino. Além de aspectos históricos, a seca contribui para tornar esta região a mais pobre do Brasil.

Espero ter aumentado seu conhecimento. Curta nossa página no Facebook e compartilhe nosso texto! Abraço do Clebinho!

1 – Evapotranspiração: perda de água de uma comunidade ou ecossistema para a atmosfera, causada pela evaporação a partir do solo e pela transpiração das plantas.

Publicado em 12.10.2016

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *