52. Forças Armadas – O Sobrevoo da Águia

O texto de hoje inicia um dos temas preferidos entre os meus alunos e de imensa importância global e estratégica. Começaremos a mostrar quais são as maiores forças armadas do mundo.

As forças armadas de uma nação constituem o conjunto das suas organizações e forças de combate e de defesa. São instituições nacionais autorizadas pela sua nação a usar a força em defesa do seu país, podendo ser feito através do combate real ou da simples ameaça.

Geralmente os militares estão sob a autoridade direta do Ministro da Defesa, que por sua vez  é subordinado ao  Chefe de Estado ou de Governo, dependendo do regime político.

Os gastos militares são criticados em todo mundo pois drenam dinheiro que poderia ser investido em áreas fundamentais como saúde e educação. A questão é que o  tamanho das forças armadas de um país está diretamente ligado ao seu poder de dominação e influência em relação a outros países. Possuir influência sobre outros países garante maior inserção de seus produtos em outros mercados e fontes de matérias primas.

Um exemplo da influência  gerada pelas forças armadas pode ser observado no ano de 2004, quando o Brasil recebeu o  convite para liderar a Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti. Foi a  oportunidade real de se projetar internacionalmente e assumir liderança no cenário regional. O governo brasileiro não pensou duas vezes e, ano passado, completamos 10 anos de presença no Haiti.

Missão de paz no Haiti. Polêmica presença internacional do Brasil. Saiba mais em Carta Capital.

.

Ranking 

Embasado em um poderoso estudo feito pelo Global Firepower Index (GFP), que anualmente lança seus resultados, compilei os dados e trouxe, de forma simplificada, um ranking com as maiores forças armadas do planeta.

Para chegar ao resultado, o estudo abrange várias áreas estratégicas:

População

Abrangendo o tamanho da população do país, o número de reservistas e o de militares prontos para o combate.

Logística

Análise do número de pessoas empregadas no setor logístico do país, além da capacidade de sua marinha mercante e do número de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos. Em uma guerra, a capacidade de produção e distribuição dos armamentos é primordial.

Base naval de Norte-americano de Norfolk (Virgínia). Sede da Frota Atlântica dos EUA. Um exemplo de logística fundamental. Vários porta-aviões na imagem. Fonte: Internet.

Poderes terrestre, aéreo e naval

Quesito de enorme importância pois observa a quantidade de veículos terrestres, aeronaves, navios e submarinos aptos para o combate.

Finanças

Análise do PIB do país e do seu orçamento anual para defesa.

https://fernandonogueiracosta.files.wordpress.com/2014/09/20-maiores-economias-do-mundo-em-2014.png?w=869

Maiores PIBs do mundo em 2014. Gráfico: Internet.

.

Geografia

Analise do território de cada país, para fins de defesa. Leva em consideração o tamanho das fronteiras, o litoral e a quantidade de água doce disponível.

Inúmeros países foram analisados e 126 compõem o ranking. Um dado importante é que a capacidade nuclear dos países não foi computada, já que  em uma guerra nuclear os armamentos convencionais não fazem diferença.

Ranking – Quanto mais próximo de Zero maior é o poderio militar do país:

1° EUA – 1.166 Pontos

Brasão de armas do exército norte-americano. Uma águia segurando um feixe de 13 flechas em sua garra esquerda, representando os 13 estados originais. Na direita, segura um ramo de oliveira, um símbolo da paz. Imagem: internet.

.

Os norte-americanos, representados pela águia, gastam por ano a incrível quantia de 577 bilhões de dólares nas forças armadas. Como comparação, é quase 25% de todo o PIB brasileiro.  Possuem 1,4 milhão de militares prontos para a batalha, 8.848 tanques, 13.892 aviões militares, 72 submarinos e 473 navios de guerra, entre eles, 12 porta-aviões.

USS-Abraham-Lincoln-580x615

Em 2012, o Irã ameaçou fechar o Estreito de Ormuz, bloqueando o Golfo Pérsico, imediatamente os EUA enviaram o porta-aviões Abraham Lincoln para o local. Reportagem: Poder Naval

.

O segredo do sucesso militar norte americano é explicado por vários fatores, entre eles:

– Unificação do país e incentivo ao trabalho livre, ocorrido através da Guerra Civil, assunto abordado neste blog.

– Aumento brutal de seu território através de compras, guerras e anexações. Isso deu ao país uma capacidade incrível de recursos alimentares, hídricos, petrolíferos, saída para dois Oceanos, entre vários outros.

Expansão territorial dos EUA. Imagem: Geografia em Foco

.

– Incentivo a iniciativa privada, garantindo que o governo se metesse pouco na economia.

– A expansão econômica em busca de novos mercados e interferências em assuntos internacionais para garantir seus interesses. Não é raro a interferência dos EUA em assuntos internacionais.

– Participação, como protagonista, nas 2° e 3° Revoluções industriais, garantido ao país tecnologia de ponta em todos os segmentos.

MIT, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts, é um dos líderes mundiais em ciência, engenharia e tecnologia. Já produziu mais de 70 Prêmio Nobel. Imagem: Internet.

.

– O fator principal, influenciando e sendo influenciado pelos outros itens, é o investimento que o país fez em suas forças armadas. Conquistou sua independência lutando contra os britânicos e saiu vitorioso na Guerra contra a Espanha, no final do século XIX. Foi decisivo nas 1º E 2º Guerras Mundiais e se envolveu em conflitos na Coréia, Iraque e Afeganistão entre outros.

Saiu derrotado na Guerra do Vietnã, porém, em um contexto maior,  venceu ideologicamente a Guerra Fria contra a URSS.

Além da presença dos poderosos porta-aviões se deslocando pelos oceanos, os norte-americanos marcam presença em vários países através de suas bases.

Bases

Camp Bondsteel – principal base militar do Exército dos Estados Unidos no Kosovo, e a maior do mundo fora do território estadunidense. Imagem: Internet.

.

Os yankees possuem uma rede militar espalhada por quase todo o planeta. Com as mais variadas desculpas como manutenção da paz, combate ao terrorismo e narcotráfico, possuem tropas e bases em diversos países. Hoje, somam 300 mil soldados estacionados nos mais variados países  e essa ocupação militar vem crescendo e se expandindo. 

File:US military bases in the world-1.svg

Países com a presença de tropas norte americanas. Imagem: Internet.

.

Em nosso próximo texto, mostraremos a sequência do ranking, a mãe Rússia vem ai,  imperdível!

Espero ter aumentado o conhecimento de todos os leitores. Curtam nossa página no Facebook e compartilhem nosso texto! Abraço do Clebinho!

Publicado em 19.07.2015

 

3 comments to “52. Forças Armadas – O Sobrevoo da Águia”
  1. acredito q com novo presidente eleito donald trumph o mundo vai arrefecer os desentendimentos,os conflitos,as desavencas e os show offs belicos poderao diminuir ou ate acabarem se realmente o trumph materializar aquela passagem de que os EUA nao existirao mais na mudancas ou ingerencia nos regimes de outros paises por isso que o trumph esta aproximar ao putin vice versa para ver se conseguem arrefecer o mundo no seu sentido positivo atenuando assim as em curso e as vindouras eles vao deixar de usar as maos para usarem primeiro as cabecas a massa cinzenta isto e vao apostar mais nas diplomacias com os seus experts ou peritos…tenho fe nas minhas analizes…

    • Trump nos EUA e Putin na Rússia, só nos aproxima de um mundo cada vez mais bélico. Estamos regredindo em termos humanos. Uma nova Era esta se formando com as extremas direitas crescendo na Europa e Bolsonaro no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *