27. As 3 capitais do Brasil

Você sabia que o Brasil já teve 3 capitais diferentes ao longo de sua história?

O governo administrativo do Brasil, em 1567, após a vitória luso-brasileira sobre os invasores franceses passou a ser dividido entre Salvador e Rio de Janeiro.  Sendo Salvador responsável pelas capitanias do Norte e o Rio de Janeiro, pelas capitanias do Sul. Salvador se mantinha como  a capital oficial.

Divisão política administrativa em 1567 no BrasilFonte: Seguindopassoshistoria.blogspot.com

Divisão política administrativa em 1567 no Brasil
Fonte: Seguindopassoshistoria.blogspot.com

.

Salvador (214 anos capital)

Ao resolver colonizar definitivamente o Brasil, o governo de Portugal se viu obrigado a tomar uma série de medidas. Para que a colônia desse retorno financeiro, era de fundamental importância que as atividades aqui desenvolvidas fossem fiscalizadas e tributadas. Para garantir os  interesses dos portugueses junto à população colonial, o governo da metrópole enviou para o Brasil o seu primeiro governante, Tomé de Souza. Uma de suas primeiras medidas foi, em 1549,  a construção de uma capital, com o nome de Salvador, um local de onde poderia se comandar o enorme e ainda desconhecido território.

http://www.eventus.com.br/iale2012/templates/site/images/mapa_bahia.png

Localização de Salvador, Bahia. imagem: Internet

.

O local da construção da cidade foi escolhido, entre outras coisas, por estar em um ponto central em relação a produção de açúcar, principal produto econômico da colônia por séculos, além da posição estratégica da “Baía de Todos os Santos” , que propiciava aos navegadores portugueses uma parada segura para suas embarcações.

Imagem de satélite da Baía de Todos os Santos, local mais reservado em relação ao oceano, ideal para portos. Imagem: Internet

.

Salvador nunca foi capital do Brasil enquanto país, mas se contar o período em que fomos colonizados por Portugal, a cidade foi a capital por mais tempo de nossa terra.

Rio De Janeiro (197 anos capital, dos quais, 138 após a independência)

No século XVIII, o Brasil vivenciou a declínio do preço internacional do açúcar, causado pela concorrência com outras regiões, simultaneamente, ocorria também a descoberta de ouro, no interior do nosso território. O centro econômico do país se muda, então, do Nordeste para o Sudeste. O ouro de Minas Gerais era enviado a Portugal através dos portos de Parati, no início, e depois Rio de Janeiro. Em 1763, para fiscalizar melhor as remessas do metal, Portugal, na figura do Marquês de Pombal,  muda a capital para a cidade carioca.

http://www.tiradentes.net/imagens/mapareal.jpg

Mapa da Estrada Real, o caminho do ouro de MG até o litoral. A estrada velha levava a Parati, a nova ao Rio de Janeiro. Imagem: Internet

.

O Rio de janeiro foi capital do Brasil entre 1763 e 1960,  período que vivenciou a chegada da família real portuguesa ao Brasil, em 1808, fato que promoveu várias mudanças em nossas terras. Além de ver nossa terra conquistar sua independência, em 1822, o fim a escravidão e do império, as duas grandes guerras mundiais, com participação brasileira,  entre outros acontecimentos importantes. Por terras cariocas, governaram nosso país os dois imperadores, Dom Pedro I e II, além de presidentes como Deodoro da Fonseca, Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek.

 Brasília (55 anos capital)

Em 1956, o mineiro Juscelino Kubitschek foi eleito presidente da República. Com ele, ressurge o desejo de retirar a capital do Rio e construí-la em  outro local, longe da grande massa populacional, afastada  das pressões populares.

Localização central de Brasília. Imagem: Internet

.

O local escolhido foi o Planalto Central, região distante de tudo e de todos, quase vazia. Segundo consta, para JK, era necessário redistribuir melhor a população brasileira, aglomerada no litoral.

{EBD8EF97-3AE0-496E-B91B-DEF898F6E9D1}_Juscelino Kubitschek no local em que Brasília seria construída (anos 1950)

JK no local onde seria construída Brasília. Imagem: Internet

.

A cidade seria moderna e totalmente projetada por Oscar Niemeyer e Lúcio Costa. Em 1960, após 5 anos de obras ininterruptas, é inaugurada nossa atual capital. Ontem, a cidade completou 55 anos, e o nome, bem sugestivo, Brasília. A polêmica é grande, principalmente pelos gastos públicos exorbitantes, alguns defendem a ideia de JK, outros a criticam duramente.

maxresdefault

Construção do Congresso Nacional. Imagem: Internet

.

Nosso Blog vê pontos positivos e negativos no projeto. Vemos com bons olhos o fato de nossa capital ser uma cidade moderna, organizada, com avenidas largas e espaços públicos amplos. Por outro lado, é uma cidade quase alheia ao que ocorre no resto do Brasil, os próprios espaços públicos enormes, quando usados em  protestos, dispersam demais o público. Sair de suas cidades para cobrar algo em Brasília é um esforço hercúleo para a maioria dos brasileiros, devido as distâncias.  Sem essa pressão populacional, dificilmente os governantes saem da sua zona de conforto. Isso se comprova pelas palavras do próprio arquiteto que a projetou:

¨Hoje, vejo, tristemente, que Brasília nunca deveria ter sido projetada em forma de avião, mas sim de camburão” – Oscar Niemeyer

Espero ter aumentado o conhecimento de todos os leitores. Curtam nossa página no Facebook e compartilhem nosso texto! Abraço do Clebinho!

Publicado em 22.04.2015

 

 

2 comments to “27. As 3 capitais do Brasil”
  1. Boa tarde, já li em alguns que A criação de Brasília também teve um cunho militar, pois a mesma sendo no interior de Brasil, dificultaria o domínio de forças externas à capital. Procede?

    • Procede sim, uma capital do país litorânea, favorece o ataque inimigo pelo mar. Imagina o palácio do planalto, sede do governo, próximo ao mar, ficaria muito exposto. Porém, com a tecnologia atual,se o Brasil entrar em guerra com alguma potência militar, qualquer cidade nossa estará vulnerável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *